quinta-feira, 31 de março de 2011

FRACTAIS



Fractais são formas geométricas que se caracterizam por repetir um determinado padrão com ligeiras e constantes variações.


Os fractais podem se identificados na natureza na forma dos brócolis, em árvores, mariscos, e em qualquer estrutura cujas ramificações sejam variações de uma mesma forma básica.


Em consequência da auto-similaridade, quando vistas através de uma lente de aumento, as diferentes partes de um fractal se mostram similares à forma, como um todo.

 

A ciência dos fractais apresenta estruturas geométricas de grande complexidade e beleza infinita, ligadas às formas da natureza, ao desenvolvimento da vida e à própria compreensão do universo.


Cada universo fractal, gerado a partir de uma única equação matemática, se reproduz com a semelhança do todo.  E, sem explicação conhecida, iniciam-se diferenciações, criando-se novas formas.




Vivemos num mundo em que a ciência revela novos mistérios a cada dia, e para cada descoberta descortinam-se novos e inesperados horizontes,
gerando mais e mais interrogações.


Os fractais deram origem origem a um novo ramo da matemática, muitas vezes designado como a geometria da natureza.

Este novo tipo de geometria aplica-se na astronomia, na meteorologia, na economia e no cinema.


As formas estranhas e caóticas dos fractais descrevem fenômenos naturais como os sismos, o desenvolvimento das árvores, a forma de algumas raízes, a linha da costa marítima, as nuvens...


A beleza das imagens...
a complexidade da matemática...
o caos...



São imagens abstratas que possuem o caráter de onipresença, por terem as características do todo infinitamente multiplicadas dentro de cada parte.

Ou seja: cada partícula possui dentro de si a totalidade, o Universo.












O fractal no Universo...



Créditos: Ikiruviver e Lakshmi Criações

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...