segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Prece de Ismael



Segundo o dicionário Lello Universal, Ismael foi uma personagem bíblica. Era filho de Abraão e sua criada Agar, antepassados dos ismaelitas ou árabes. Segundo a Bíblia, Ismael desposou uma egípcia de quem teve doze filhos, que se estabeleceram na região entre o Egito e o Golfo Pérsico.

Um grande número de tribos pretendia descender de Ismael.

Maomé, o profeta, colocou-o então à frente de sua genealogia.

Entretanto, para os espíritas, esse Espírito representa um importante papel para o movimento. Um grupo o eleva às alturas, considerando-o um “Anjo”. Outro o coloca como o “vilão” da história do Espiritismo.

O primeiro é formado pelos roustainguistas, que, em janeiro de 1884 assumiram o poder na chamada Pátria do Evangelho (Brasil), instalando seu domínio na sede da Federação Espírita Brasileira, na qual somente quem é declaradamente roustainguista pode ocupar o alto cargo de presidente. 

O segundo é formado pelos antiroustainguistas, que não só repudiam a obra de Roustaing, como, ao mesmo tempo, denunciam e criticam amargamente a presença do Espírito de Ismael porque, no entendimento deles, não poderia nunca desempenhar o papel de Guia do Brasil.

Mas, enquanto as duas facções discutem se Ismael é ou não um anjo, e se realmente é o Guardião do Brasil, uma terceira corrente avança, beneficiando-se de sua profunda e reconfortante prece, que evoca a presença de Jesus para consolar, iluminar e e redimir a humanidade pecadora.

A versão aqui apresentada foi extraída do livro PRECES ESPÍRITAS, de Caibar Schutel. Narração de Sérgio Mello.






LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...