segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Nós poderemos





Nós poderemos recusar ao 
dever de servir, porém não
escaparemos ao testemunho da dor,
em forma de miséria e desencanto em nossa alma.

Poderemos fingir nas nossas ações, porém,
mais tarde, seremos defrontados perante a verdade,
sem forças e sem coragem para enfrentá-la.

Poderemos blasfemar da existência de Deus através
da nossa revolta, porém Deus nos mostrará sempre que estamos acobertados mesmo assim pelo seu Amor.

Poderemos fazer tudo quanto desejarmos
enquanto estiver ao nosso alcance.

Contudo, em qualquer
tempo ou circunstância,
seremos obrigados a recolher
aquilo que tivermos semeado,
isso porque toda força criadora
plasma o bem ou o mal que lhe imprimimos.

um irmão de luz




LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...