sábado, 10 de março de 2012

Para despertar a bondade



Pai, amigo de todos nós, amparai-nos na caminhada. Quando nossos pés sangrarem e cansados nos sentirmos, não nos deixeis implorar descanso, mas fazei presente em nossos corações o Vosso amor, porque, só assim, serviremos esquecidos de nós.

Pai, permiti aos Vossos filhos pecadores a força de transformar as areias do desespero e os ventos das dores em coragem para vencer a longa estrada que nos espera.

Senhor Deus, Criador incriado, Uno e Indivisível, fazei de cada ser que passou pelas Vossas mãos imaculadas tochas luminosas para clarear os recantos escuros do ódio.

Senhor, dentro de nós existe uma fagulha,
mesmo minúscula, de bondade;
fazei que ela se desenvolva através do trabalho
de amor a todos os sofredores.

Assim seja!

Luiz Sérgio
Do livro Rios de Oração
Psicografia: Irene Pacheco Machado
Ajude o blog com sua doação! Clique no botão abaixo para doar qualquer quantia.












LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...