sexta-feira, 20 de julho de 2012

Viva a alimentação viva!




A alimentação viva tem como princípio a ingestão de alimentos crus (excluindo carnes): são eles: hortaliças, legumes, grãos germinados, brotos, frutas e castanhas.

Porque comer os alimentos crus? Porque o cozimento acima de 45 graus destrói os nutrientes, reduzindo a imunidade do organismo causando também a obstrução dos intestinos e colón.

Reações químicas e elétricas ocorrem dentro de uma célula viva graças a ação das enzimas que são proteínas responsáveis pelas atividades de construção e reconstrução dos tecidos de todo o nosso organismo.

No nosso corpo possuímos dois tipos de enzimas, as metabólicas, responsáveis pelo funcionamento de órgãos, e as enzimas digestivas, responsáveis em quebrar as partículas de comida e transformá-la em energia na reconstrução do corpo. Sem enzimas, essas reações não ocorrem ou ocorrem muito devagar para a obtenção de uma boa saúde. E a única fonte natural externa de enzimas é a comida VIVA CRUA.

Com uma sociedade de hábitos alimentares e estilo de vida completamente distante de uma vida harmônica, vemos as pessoas padecerem de doenças sem nome ou sem cura. Nada que um retorno às origens e sabedoria ancestrais não possam reequilibrar. Estamos na verdade, reaprendendo a comer, relembrando. À medida que seu corpo vai experimentando uma alimentação mais pura, seus pensamentos, emoções e atitudes também vão se modificando. A consequência é um corpo mais vigoroso, mais alerta e livre de doenças degenerativas.

Todo o foco da alimentação está no aparelho digestivo, intestino e cólon, pois intestinos obstruídos geram doenças. Como o organismo não é capaz de eliminar todos os resíduos de uma alimentação tradicional pobre em nutrientes (produtos enlatados e encaixotados são cheios de conservantes e estabilizantes), estes resíduos vão gradativamente sendo acumulados em todos os órgãos, já que uma das principais características do nosso organismo é o armazenamento. Como estes depósitos são nocivos, mais cedo ou mais tarde aparecerão sob forma de tumores, cânceres, alergias, pedras, etc. Este é o nosso divino e perfeito organismo, tentando se livrar de lixos tóxicos que não puderam sair pelas fezes, urina e suor. O problema se agrava quando estes sinais aparecem, pois tendemos a nos intoxicar ainda mais, ingerindo drogas com efeitos colaterais ao invés de escutarmos o grito do nosso corpo e fazermos as pazes com ele. A ingestão contínua da comida viva traz uma regeneração no nível celular de órgãos e tecidos, promovendo a reversão do quadro de doenças.

Quando estudei no Instituto Hippocrates Health, na Flórida, presenciei a modificação em três semanas de pessoas que vinham de processos dolorosos e de desengano por parte de médicos da medicina tradicional. Todos sentiam uma melhora abrupta e visível, mas é claro, a reversão total só ocorre com a permanência na dieta durante um período de tempo indicado para cada caso.

Para quem é saudável, a ideia de ter a vida prolongada, cheia de vitalidade e livre de doenças é libertadora!


Linda Lerner

Música:
Sea Horses
- Rick Wakeman -

MusicPlaylist
Ajude o blog com sua doação! Clique no botão abaixo para doar qualquer quantia.






LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...