domingo, 3 de novembro de 2013

Uma criança triste em um lar feliz




"Os olhos de uma criança nunca mentem. Essa frase descreve a profundidade do olhar de uma criança, capaz de revelar seus sentimentos mais íntimos".

Ao olhar nos olhos de uma criança, você pode perceber todos os sentimentos que rodeiam seu coração. É possível perceber emoções que se escondem atrás de sorrisos, brinquedos e palavras. Pois para elas tudo é sempre tão simples, mas nem sempre tão colorido.

Famílias felizes, piquenique no final de semana que reúne a todos em torno de uma toalha de pano xadrez, aqueles lanchinhos saborosos preparados com tanto amor pela mamãe, o papai que corre e brinca como se fosse criança outra vez. Tudo parece tão feliz, tão certinho. Mas por dentro um sentimento de solidão, um sorriso vazio que apenas serve para contentar quem estiver por perto. Quem nunca se sentiu um estranho no ninho?

Na visão reencarnacionista, o espírito tem a oportunidade de voltar para a terra para resolver pendências de vidas anteriores, melhorar seus aspectos negativos, crescer e evoluir. Ao chegar a terra, esse espírito recebe o corpo que melhor se assemelha às necessidades de sua missão. Da mesma maneira, as pessoas que estarão em seu convívio são selecionadas para oportunizar situações que facilitem seu desenvolvimento físico, mental e espiritual.

Dentre tantas relações que o ser pode experimentar enquanto encarnado, sem dúvida, a família se destaca na intensidade emocional em que se apresenta na vida das pessoas. Sua influência na vida de cada membro é imensurável. Cada um pode perceber, inconscientemente, sua família de maneira diferente, por isso algumas situações podem gerar diversos sentimentos diversos, dependendo muito do entendimento congênito do ser em questão.

Sentir-se triste ou desamparado, mesmo quando todos acham que não há motivos para isso, pode acontecer. Compreender qual a causa destes sentimentos pode ser a cura. Mas algumas vezes é necessário ir mais a fundo na busca dessas causas: estar disposto a conhecer seu universo íntimo, acessando seu banco de dados e procurando a raiz desse sentimento. Em alguns casos a resposta pode estar escondida em outra vida, num lugar muito distante.

Através da Regressão Terapêutica, é possível acessar informações referentes a situações as quais a pessoa continue ligada. Essas lembranças, embora inconscientes, interferem nos sentimentos da vida atual, impossibilitando que o indivíduo se sinta completamente feliz.

Como dizia Chico Xavier: "Vieste no Lar que precisavas..." E nem sempre esse lar se apresentará de maneira fácil ou de convívio harmonioso, mas é o lar necessário para que desenvolva suas habilidades, sentimentos e emoções. Dentro do lar em que se encontra, você pode receber contribuições para sua evolução, aprender a domar seus sentimentos terrenos, aprender a amar, dividir, sonhar... Aproveite a oportunidade que lhe foi dada. Ame agora sem esperar nada em troca. Seja, no seu Lar, uma criança feliz e viva intensamente.

por: Evelaine Passos

Terapeuta Holística

fonte:
Ajude o blog com sua doação! Clique no botão abaixo para doar qualquer quantia.




LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...