terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Evolução para se libertar



Mesmo que a alma humana queira, ela não poderá deixar de evoluir, porque a ela pertencem as Divinas Leis, as quais espontaneamente a farão compreender que precisa se superar.

Muitos caminhos se abrem perante a percepção de quem tem condições de compreender que impulsos e trajetos se fazem para si de acordo com suas habilidades de se proteger do que pode danificar sua existência, mas também segundo as possibilidades de ultrapassar os limites que não devem permanecer, alienando-a da liberdade para evoluir.

Torna-se nítido, para quem decide se aprimorar, que as fronteiras que se desenham em diferentes momentos não precisam obrigatoriamente se manter na vida de quem já as experimentou. Se elas existiram apenas para que pudesse haver aquisição de entendimentos, quando outras necessidades surgem, certamente terá que haver transcendência do que já não se sustenta mais.

Estou sugerindo que a pessoa reavalie suas aquisições constantemente, dando-se espaço para confrontar-se e aos seus saberes com o novo, que para ela não se decifrou.

Não se deve fugir da novidade, mesmo que ainda haja muito a se compreender, para que enfim o recém-criado deixe de surpreender.

Vivem-se momentos de profunda renovação, e a liberdade se refaz periodicamente, de modo que não existe necessidade de se fechar em um mundo que por tanto tempo lhe pertenceu, se ele já não promove mais seu avanço rumo a um estado de consciência superior.

É com pesar que vejo o quanto a alma humana se apega ao que não lhe permitirá se aprofundar, e insiste em se manter como sempre esteve, com medo do que lhe parece diferente do que está acostumada a vivenciar.

Olhem através do tempo e perceberão claramente que tudo muda com o passar dos anos, inclusive a maneira de se relacionarem entre vocês e para com Deus, a Fonte de todas as relações.

Percebam ao seu redor como os mecanismos da vida se modificam com constância e dinamicamente tudo se altera, fazendo com que haja equilíbrio, mas também o caos em certos momentos.

Se avaliarem com critérios, compreenderão que o próprio modo de pensar da sociedade em que se encontram está mudando sempre de conformação. 

Tais mudanças causam novas maneiras de se perceberem em meio ao mundo e, sendo assim, elas precisam estar fundamentadas em princípios os quais lhes garantirão a boa sorte de mudar para melhor.

Escolham, portanto, o que deve ou não constituir aos seus universos pessoais, mas o façam com cautela, para não se deixarem levar pelas ondas de pensamento que turbulentamente se transferem entre pessoas e coletividades, mesmo que às vezes nem sejam tão adequadas para quem pretende de fato se estabelecer em paz e em consciência superior. 

Sejam seletivos com o que permitem entrar em seus mundos, compondo-lhes as perspectivas de se aprofundar nas relações com os valores e opiniões que se propagam nos seus meios.

Há certas maneiras de entender a existência que são inexatas e repletas de incompreensões, e elas somente podem ser colocadas à prova por aplicação da Lógica Maior.

Fazer a seleção do que deve ou não lhes influenciar é realmente uma tarefa que exige esforço e autopersuasão.

Sejam determinados e persistentes, e terão resultados que compensarão, pois muito lhes será oferecido quando conquistarem melhores condições para saberem reconhecer com mais precisão o que é de fato precioso para suas vidas do que não é relevante para esclarecer suas opiniões.

Precisarão desenvolver liberdade mental, mas não confundam este aspecto de si mesmos com a teimosia e a presunção que alguns têm, e que não lhes permite aceitarem orientações dos que estão mais avançados no caminho da vida espiritual.

Muitas instruções lhes são doadas para que possam avançar, estabilizando suas maneiras de pensar e de sentir as experiências que se fazem como parte de seus padrões de existir.

Evitem a arrogância que muitas vezes tem cegado algumas almas, as quais mesmo não estando em estado muito avançado de aprofundamento em Conhecimento Transcendental, insistem em acreditar-se autossuficientes, o que as faz permanecer por anos ou até mesmo vidas sucessivas aprisionados a tais falsas presunções.

Se existir excesso de humildade isso pode interromper suas oportunidades de aumento de suas autoestimas, mas a falta de tal qualidade pode gerar consequências muito mais desfavoráveis para quem pretende se adiantar nos passos que conduzem ao rumo da Ascensão Espiritual. Existem muitos Seres de Luz que podem orientar aos que buscam por tal condição que eles já alcançaram, portanto, não devem ser nunca negados ou acusados pela própria incompreensão humana.

Sejam determinados e livres, porém, sinceros e humildes, e muito obterão. Não confundam liberdade com presunção e substituam a arrogância por simpatia pelos que estão mais avançados no Caminho da Luz.

Para que possam assim fazê-lo, precisarão, no entanto, saber reconhecer o que é coerente do que é inconsistente com o que lhes parecerá mais lógico enquanto estiverem no caminho certo, direcionando-se rumo a um estado de consciência mais avantajado. 

Quando chegarem ao estágio a partir do qual terão de fato condições de a outros orientar, as oportunidades se farão, e espontaneamente serão requisitados para o seu espaço ocupar.

Há muito a se fazer a fim de propagar o que está lhes sendo disponibilizado neste momento de transição, quando a vida em sociedade na Terra haverá de mudar.

Cultivem desde já os valores renovados que se farão necessários e, dentre estes, não deixem de contemplar o amor pela liberdade que os que já se libertaram podem ajuda-los a conquistar.


Saint Germain
23/10/2013

Conteúdo obtido por sintonização através de Valéria Moraes Ornellas (Sri Krishna Madhurya Devi), Sacerdotisa da Ordem de Zadkiel e co-fundadora da Editora Sétimo Raio e do Templo da Fé Bhagavata – RJ, e originalmente publicado em http://missaodesaintgermain.blogspot.com.br

Se desejar divulgar este texto, favor citar devidamente a autoria e a fonte original da publicação.
Ajude o blog com sua doação! Clique no botão abaixo para doar qualquer quantia.




LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...