quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Faça o bem a si mesmo




Escuta, ó homem, esta grande verdade: todo o mal que aos outros fazes, duplamente o fazes a ti mesmo.

     Para os outros é um mal externo -  para ti mesmo é um mal central.

     Para quem o sofre, é um mal extrínseco - para quem o pratica é um mal interno.

     Ninguém pode fazer  mal ao próximo sem fazer  mal a si mesmo.

     Não pode deixar de ser mau quem o mal produz - mas pode ser bom quem sofre o mal.

     "Não pode a árvore má produzir frutos bons - nem a árvore boa produzir frutos maus".

     O efeito do mal é transitório em quem o sofre - mas é permanente no sujeito que o produz.

     Não digas: "Fiz mal, arrependi-me - e é tudo como dantes" - ilusão funesta!

     Pelo arrependimento, sim, foi lavada a nódoa moral - permanece, porém, na alma a mancha psíquica.

     O mal, conscientemente praticado, estratifica nas profundezas do subconsciente nova camada de hábito vicioso - e deste subsolo funesto irradiam ondas mortíferas para a zona do consciente.

     Todo ato mau favorece futuras quedas e recaídas - e dificulta a recuperação.

     Todo ato mau aumenta o declive do plano inclinado que o hábito vicioso criou em tua natureza - e quem pode manter-se firme num declive escorregadio?

     Por isso, meu amigo, o maior bem que a ti mesmo podes fazer é fazer o bem aos outros - bem por amor ao bem.

    O amor que aos outros faz bem, faz tanto bem a ti mesmo que até te faz bom.

     Por isso Jesus dizia que devemos amar ao próximo como a nós mesmos.

     Educa-te, ó homem, a ti mesmo e aos teus, para o idealismo do bem.

     Faze o bem por amor ao bem - dentro de ti mesmo e aos outros.

     O único meio de fazeres bem aos outros e a ti mesmo é seres bom, intimamente bom.

     O único meio de melhorares o mundo é praticares o Evangelho da bondade sincera, o Evangelho do amor desinteressado, o Evangelho da bemquerença universal.

     "Deus é amor - quem permanece no amor permanece em Deus" (S. João).

     "O reino de Deus está dentro de vós" (Jesus).

fonte:
http://www.espiritbook.com.br/


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...