domingo, 6 de julho de 2014

Flores sobre o corpo




Solidão e abandono são os fantasmas que mais nos assustam. Quem já não se pegou pensando "Quem cuidará de mim na velhice?"

Há pessoas que se casam só para ter um "cuidador" no futuro. Mas quem lhes garante que o cuidador planejado não será o primeiro a abandoná-las quando elas mais precisarem?

Há também pessoas que tratam de ter pelo menos uns três filhos, investem neles e torcem para que cuidem delas quando a velhice ou doenças chegarem. Geralmente elas se alegram quando há meninas entre os filhos, pois acreditam que filhas são mais dedicadas aos seus "velhinhos" e bem mais pacientes.

O que essas pessoas não percebem é que tentando salvar um futuro que talvez nunca chegue, elas estão apostando todas as suas "moedas" de liberdade, individualidade, independência, talentos, dons e expansão num jogo que está mais para ser de azar do que de sorte. Elas sufocam seus sonhos para investir num pesadelo!

Desde sempre a sociedade nos ensina que não podemos viver como bem desejamos no AGORA porque no futuro "o preço pode ser alto".

Esse ensinamento enganoso é a chave de um cárcere, onde poderemos mofar até que a morte tenha piedade de nós e nos leve para - quem sabe? - um lugar onde a paz nos aguarda. Só quem é livre tem paz.

Casamentos e filhos só encontram seu valor real quando acontecem por amor apenas, por uma exata noção de companheirismo, cooperação e honestidade. É desonesto quem casa para se "salvar". É oportunista quem põe filhos no mundo para se "garantir".

É incontável o número de asilos de velhos que existe no mundo.

Detalhe importante: a maioria dos que lá se encontram tem filhos aqui fora.

Eles entraram pela última porta, foram pelo corredor da morte até aquele "confortável" quartinho e de lá só sairão com flores sobre o corpo.

Não só em termos de casamento e de filhos, mas de toda e qualquer situação em que você esteja agora, pense: "A que futuro isto tudo está me levando?"

A resposta que chegar deverá ser muito honesta. É você consigo mesmo - lembre-se disso.

Nada do que a Vida lhe reserva pode ser cuidado por terceiros. Só você pode cuidar do que é seu.

Invista em você!

Silvia Schmidt
Clique no botão abaixo e ajude a manter o blog com sua doação!






LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...