sábado, 26 de julho de 2014

Trabalhador Espírita



Você é casa de Deus
Onde a alegria se espalha
Deve ser uma fornalha
Irradiando calor e luz.
Acolhendo aos doentes
Que vêm em desequilíbrio
Aos que procuram o brilho
De Jesus fora da Cruz.

Não imprimir na consciência
Que a dor é coisa normal
Pois é somente vendaval
Limpando danosos ares.
Como o pântano lodoso
Requer águas renovadas
Pelos rios transbordadas
Assim é a luz nos lares.

Se te apresentas ao bem
A luz preenche o coração
Como água inunda o chão
Inundará todo teu ser.
Porque a mudança interior
É a faxina em nossa alma
A voz de Deus que acalma
Fazendo os olhos de ver.

O canto a prece e o riso
É pavimento da estrada
É muralha bem formada
Protegendo teus quintais.
Freiam invasão das feras
Seres em desarmonia
Vivendo em sua agonia
Às vezes como animais.

No templo onde te encontres
Sempre a serviço do bem
Tenhas fé, que do além
Chegam eflúvios de amor.
Transmite com emoção
Derrama bem e candura
Os que vão buscar doçura
Libertem-se de sua dor.

Não assumas seu sofrer
Mostra seguros caminhos
Que levem para seus ninhos
Meios de libertação.
Com orientações seguras
Leituras de esclarecer
Que passem a merecer
Seu próprio bem e perdão.

ACA
Fonte: CACEF

Fonte:
http://www.espiritbook.com.br/
Clique no botão abaixo e ajude a manter o blog com sua doação!






LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...