sexta-feira, 5 de junho de 2015

Deus pode



"Não fales “não posso” e nem digas “desesperei”...

Quando tiveres de explicar a palavra “exaustão”, deixa que a esperança te refulja em silêncio na boca e sempre que te suponhas na liquidação de todos os sonhos, contempla as flores que desabrocham sobre as ruínas.

Muitas vezes, quem sabe definir o desânimo apenas desencadeia a tragédia, abrindo portas ao crime.

Estendes pão ao faminto e acolhes quem vai sem teto, entretanto, nem sempre atendes ao coração agoniado no próprio peito, rogando-te paciência.

Ouve-lhe as aflições e pede a Deus te envolva no dom inefável de Sua Bênção.

Se não consegues solucionar as dificuldades que te rodeiam, dize contigo: Deus pode.

Se incapaz de empreender a alteração necessária ao próprio caminho, afirma em tua alma: Deus pode.

Se impossibilitado para corrigir a quem amas, asseveras de novo: Deus Pode.

Se inabilitado para extirpar a angústia que te alanceia, medita em prece: Deus pode.

E perdoando e ajudando sem descansar, aprenderás com Deus que a luz da verdadeira vitória é feita na paciência de cada dia.

Meimei
do livro: "Ideal Espírita"
Francisco Cândido Xavier







LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...