quinta-feira, 31 de março de 2011

A PAZ INTERIOR


Como desejar a Paz no Mundo se nós mesmos ainda buscamos nossa harmonia conosco e com os que nos cercam?


A primeira coisa a fazer é pacificar nosso Mundo Individual, nosso interior, e lembrar que Paz é o estado de completa harmonia, a condição que todos queremos alcançar, travando, com esse objetivo, equivocada luta em nosso íntimo.

Buscamos conquistá-la com honesta força de vontade, mas nos atrapalhamos com nossos próprios sentimentos, e esquecemos de limpar nossa alma, ao final de cada dia, deixando para trás todas as culpas, mágoas, ressentimentos, os desencontros do caminho, impedimentos que nos trazem inquietações.

É difícil para o ser humano se perguntar “será que o erro é meu?” Reconhecer-se errado é exercício que requer elevação. Normalmente, somos orgulhosos demais para isso.

Assim, complicamos cada vez mais e mais nossa busca pela paz, esquecendo a força sublime do perdão... e procuramos, inutilmente, outros caminhos, outras formas...

A Paz exterior virá a partir da Paz interior, consequência do desejo sincero da felicidade alheia como parte da nossa própria felicidade, sabedores de que plantar não é obrigatório, mas colher é...

Somos todos responsáveis diante da vida, diante do mundo. Somos todos alunos e somos todos mestres.

Precisamos nos lembrar que a paz não reside em nada exterior, por mais bonito que seja.

Precisamos nos conscientizar de que a Paz começa em nós e se propaga para o Infinito. Cabe a cada um de nós semeá-la.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...