domingo, 15 de julho de 2012

Espera mais




Pensa na dor dos que não esperaram…
Às vezes, ruge a tempestade da incompreensão no ambiente doméstico
e experimentas o ímpeto de reagir colericamente.
Entretanto, nada digas.
Espera um pouco mais.

Apareceram dissensões entre os amigos que desarvoraram em lastimáveis atitudes e queres assumir uma posição drástica sob as impressões do momento.
No entanto, não te perturbes.
Espera um pouco mais.

Companheiros que te trouxeram notícias alarmantes, com relação ao comportamento infeliz de irmãos determinados e, no íntimo,
te dispões à censura apressada.
Não te enerves, porém.
Espera um pouco mais.

Recebeste injúrias que te doem no sentimento e te inclinas
a promover a própria defesa, de imediato.
Entretanto, não desesperes.
Espera um pouco mais.

Nunca respondas à violência com a violência.
Em qualquer situação, acalma-te para fazer o melhor.
Muitos delitos, calamidades, desequilíbrios e tragédias caem na sucata do
Sofrimento e da Culpa, por longo tempo,
Simplesmente porque as Vítimas da Precipitação não quiseram esperar.

fonte:
http://blog.forumespirita.net/


Música:
One moment in time

MusicPlaylist
Ajude o blog com sua doação! Clique no botão abaixo para doar qualquer quantia.






LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...