Google+ ERA DA PAZ - tudo para promover a Paz no Mundo
PONHA COR E ALEGRIA NA SUA VIDA!    PUT SOME COLOR AND JOY IN YOUR LIFE!

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Indagações do cotidiano



Você acredita na vitória do bem, sem que nos disponhamos a trabalhar para isso?

Admite você a sua capacidade de errar a fim de aprender ou, acaso, se julga infalível?

Se estamos positivamente ao lado do bem, que estaremos aguardando para cooperar em benefício dos outros?

Nas horas de crise você se coloca no lugar da pessoa em dificuldade?

E se a criatura enganada pela sombra fosse um de nós?

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Com Jesus



Com Jesus

...A renúncia será um privilégio para você.

...O sofrimento glorificará sua vida.

...A prova dilatará seus poderes.

...O trabalho constituirá título de confiança em seu caminho.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Confiar na vida e em si mesmo


Saber Em Que Confiar é Uma Função do Discernimento

Viver é um ato de confiança. Confiar é saber que a vida prossegue infinitamente, e que ela avança de modo vitorioso, distribuindo dádivas e retribuindo a ações conforme o que é plantado no plano individual e no plano coletivo, nos vários níveis e aspectos da vida. A colheita de algo pode ser postergada, mas ela virá a seu tempo e com os devidos acréscimos.

O ato de confiar na vida, nos outros e em si mesmo não é algo que possa ser forçado. A confiança deve ser um processo realista e uma ação natural. Quando trilhamos um caminho correto, podemos ter confiança sem necessidade de garantias externas.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Ampara Sempre




Se a treva do mal procura
Mergulhar-te na amargura,
Não te aflijas, meu irmão!...
Olvida o fel que te invade
E acende a luz da bondade
No templo do coração.

Muitas vezes a ironia,
Sob a cólera sombria,
É grito de angústia e dor.
Alma revolta na vida
É como a terra ferida,
Necessitada de amor.

domingo, 24 de agosto de 2014

Alguém espera



Ouve!... Reinam lá fora o gelo e a ventania
Por linguagem da noite ao coração inquieto
Dos romeiros da dor, suportando sem teto
Penúria e solidão na jornada sombria!...

Ouve mais!.... Rente ao lar, alguém se te anuncia,
Acena com brandura e fala em tom discreto,
Solicita em favor dos famintos de afeto
Uma réstea de paz, um raio de alegria...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...